Sunday, November 20, 2005

- Não, você não vai me impedir. Estou saindo.
Peguei minha cabeça, escolhi as melhores pernas (sempre adorei pernas) e levitei com o corpo roubado.

Ele me olhou. Quer dizer, tentou olhar porque a cabeça estava comigo e apenas virou o pescoço cego na direção do barulho que fiz ao me afastar.

Senti as vibrações roxas do ódio, mas nem liguei. Estava livre. Para alguma coisa serviram as aulas de desconstrução anatômica. Coloquei a cabeça no pescoço.

A planície de cogumelos humanos ia até o processador cinzento e compacto. Pequenos brotos de mãos surgiam aqui e ali, rosados e gordos. Pena eu não ter podido escolher melhores e mais jovens.
Não se pode ter tudo.

Voei um pouco e decidi descer. Sabia que ele não ia me seguir – destruíra todas as pernas e cérebros. Sem elas ele era apenas uma memória sofisticada em um feixe de músculos estúpidos. Estúpido. É o que sempre foi, achando que poderia me segurar. Deslizei pelo lago e uma certa saudade do tempo de nós brotou em mim.

“Espere até eu acabar este cigarro” – dizia a voz na ditadora antiga. Livros - eu aprendera. Cortazar.

- O que são cigarros? Perguntei.
- Comida de humanos - ele respondeu. Era mentira. Cigarros são drogas alucinógenas, Prometeus me contou. Estimulavam o cérebro. Eu quis cigarros, mas a máquina bios não conseguiu fabricar, só cria vida. Para que serve vida?

Meu tédio era absoluto e até a bios deixou de ser engraçada, quando matar me cansou. Qual é a graça da morte se não se entende a vida? Os seres tinham medo e provocavam amarelos bem bonitos, mas era só.

Prefiro o roxo do ódio dele. Libertei todos os vivos, mas antes fiz com que cruzassem entre eles. Humanos e animais. Depois coloquei todos no processador, bem lá em cima e abri as comportas.

Em breve teremos uma epidemia de seres vivos.
Mas eu estarei longe. Só o tempo de acabar este cigarro. Prometeus, me passa o fogo.

3 Comments:

Anonymous Anonymous said...

"Prometeus, me passa o fogo", muito criativo.

estou sempre que posso por aqui, inspirando piração, rs

Abraços
José Mattos

6:51 AM  
Blogger Moderado, o idiota said...

Simplesmente maravilhoso, Helena.

bj,

5:48 PM  
Blogger Leila Silva said...

Mhel,
Quanta coisa boa...o blog continua lindo. Estou voltando aos poucos, lendo e relendo.
Beijos

12:39 PM  

Post a Comment

<< Home


Web Hosting Services