Sunday, February 19, 2006

O cortiço fervilhava àquela hora mordente..
Pernas, braços, bundas, seios, picas, sêmens, sexos.
Gritos cortando a noite morna,
encalhando nos bueiros fétidos
por onde escorria o lodo da madrugada
Cinderela saiu mancando do quarto.

Devolve a porra do meu sapato, sua porca!

Cabelos voaram entre arquejos e unhadas.
No travesseiro ao lado, o Príncipe roncava.
Marcas do sapateado erótico marcando a barriga redonda.
Ao pé da cama o brilho cintilante de cristal.

2 Comments:

Blogger Rubens da Cunha said...

e viva a folia :)
adorei
rubens

4:36 PM  
Blogger MilaF said...

Mènage a trois feérico?
Meninas de família safadinhas, essas princesas.
Já leu O Chifre Negro?
Beijos,

7:32 AM  

Post a Comment

<< Home


Web Hosting Services